sábado, 27 de fevereiro de 2010

Apae de Ilicínea há 18 anos dedicando aos excepcionais


     A Apae de Ilicínea, atende hoje 102 alunos com as seguintes deficiências: física, mental, múltipla, autismo e auditiva. Antes de freqüentar a entidade é feita uma entrevista com a família para conhecer a deficiência do aluno e prepará-lo para vida. São 15 funcionários, sendo 10 professores (as), 2 cozinheiras, 1 motorista, 1 auxiliar administrativo, uma diretora e uma supervisora. Além dos profissionais mencionados deveriam atuar na entidade: fisioterapeuta, psicólogo, fonoaudiólogo e terapeuta ocupacional (profissionais da área clinica). O fisioterapeuta Sinomar Guedes doa algumas horas do seu trabalho no PSF para atender os alunos.
     A Apae é mantida assim: os professores são cedidos pela Secretaria de Educação, e os demais funcionários pagos com uma subvenção repassada pela prefeitura local no valor de 6000 (seis mil mensais), e também no fim do ano recebe  uma verba do PNDE. Além destas ajudas 75 sócios contribuintes colaboram com uma doação mensal e os funcionários da escola buscam um dinheiro extra com barracas nas festas locais e pelo menos duas vezes ao ano fazem um almoço beneficente.
    Em novembro de 2010, haverá eleição para presidente da APAE com mandato de 3 anos. Para concorrer à presidência, é preciso que o candidato seja sócio contribuinte há pelo menos 1 ano. O presidente é um cargo voluntário que coordena as atividades da diretoria executiva, convoca assembléias, apresenta ao conselho o relatório anual de atividades desenvolvidas pela Apae no decorrer do ano, representa a entidade perante o público, dirigi a instituição, assina cheques ou ordem de pagamentos junto com o primeiro tesoureiro respeitando o estatuto. O atual presidente é Salvador de Oliveira.
     Lucinea Santos, diretora da Apae desde 2008, completou 12 anos de dedicação a entidade, já Regina Lau e Jaqueline Resende trabalham na mesma desde a fundação. Lucinea   informou que de acordo com o estatuto da entidade a Apae de Ilicínea foi fundada em 27 de junho de 1991. Na época Maria do Carmo Martins, extencionista da Emater em Ilicínea, visitando várias famílias em nossa cidade, percebeu a dificuldade de algumas pessoas com algum tipo de limitação e resolveu com outras pessoas fundar a instituição. A primeira diretora foi Alba Valéria Vilela Mendes, sendo a primeira presidenta, Silvia Alves Moscardini que logo após sua posse renunciou ao cargo, assumindo a vice, Cleusa Maria Lemos Nunes.
Matéria de Vítor Eugênio.
Fotos de Lucinea Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário